piscina verde

Piscina verde? Saiba como tratar e recuperar a água

Bate aquele solzinho e todo mundo já fica morrendo de vontade de aproveitar a água fresquinha da piscina, não é mesmo? Mas o que fazer quando aquela água fresquinha e cristalina fica na verdade esverdeada? Continue lendo e saiba como acabar com esse problema da piscina verde e continuar se divertindo na sua deliciosa piscina!

Por que a água da piscina fica verde?

Existem duas principais razões que podem deixar a sua piscina verde. Elas são: acúmulo de metais na água e proliferação de algas.

Entenda mais sobre cada uma:

Acúmulo de metais

Pode parecer estranho, mas existem sim metais na composição da água. Principalmente se for água proveniente de poços.

Acontece que, ao acrescentar o cloro para tratar a água, os metais presentes (principalmente o cobre) reagem ao produto formando diversos sais. Que por sua vez se transformam em crosta.

Esta crosta, além de se acumular ao redor da piscina, solta seus componentes na água, dando a essa o tom esverdeado.

Proliferação de algas

As algas podem surgir através do vento. Ou seja, serem levadas até sua piscina. Outra opção viável de sua origem é vegetação próxima à piscina.

Essas algas alteram o pH da água, que fica abaixo de 4,7, tornando-a esverdeada.

Veja mais – Manutenção de piscinas: como medir o pH da água

Como descobrir a causa da piscina verde?

Antes de iniciar o tratamento, é necessário saber a causa. A forma de tratamento é diferente  para cada causa. Para descobrir a origem do seu problema realize o teste abaixo:

  • Adicione a água da sua piscina em um balde limpo;
  • Acrescente uma colher de sopa de cloro e misture bem;
  • Deixe agir por uma hora;
  • Depois do tempo indicado, verifique a tonalidade da água. Se esta apresentar um tom de “ferrugem” a causa do problema será o nível elevado de metais.
  • Caso isso não ocorra, observe se existem algas ao redor ou no fundo da sua piscina.

Como tratar a água de piscina verde?

Depois de descobrir a causa você pode finalmente focar em como tratar sua piscina. Pegue papel e caneca e confira nossas dicas para recuperar os dias de glória da sua piscina:

Tratando a piscina com acúmulo de metais

  • Realize uma supercloração na água;
  • Aplique clarificante líquido;
  • Espere que os metais se agrupem no fundo das piscina;
  • Aspire os metais rapidamente, assim você poderá aproveitar sua piscina no mesmo dia e os metais pesados não iram prejudicar seu revestimento.

Tratando a piscina com algas

Infelizmente tratar o pH da água não será tão fácil quanto o acúmulo de metais. Assim lhe restam duas opções, chamar um profissional ou fazer você mesmo.

Se optar por resolver sozinho, realize as seguintes etapas:

  • Escove as superfícies, isso fará as algas se desalojarem;
  • Adicione 14g de cloro para cada mil litros de água. Deixe o cloro agir por no mínimo 6 horas, sendo 24 horas o recomendável;
  • Realize a decantação da piscina;
  • Ligue a bomba do filtro na posição recircular por no mínimo 15 minutos;
  • Aguarde 12 horas para a decantação das algas se tornar completa;
  • Caso as algas estejam na superfície, mantenha a piscina em supercloração por mais um dia.

Leia também – Tipos de cloro: qual é o melhor para sua piscina?

Também é possível substituir o cloro por um algicida.

Agora você já sabe tudo o que precisa para voltar a curtir as tardes ensolaradas na sua piscina. Restou alguma dúvida? Conta pra gente!

  • Academia do corte

    Esse site é muito bom mesmo. Tem informação atual e de muita qualidade. Abraço e sucesso

    27 de fevereiro de 2018

DEIXE UMA RESPOSTA