MANUTENÇÃO

4 dicas para manutenção de grandes piscinas

Para aproveitar a área externa em dias de calor , seja em casa ou em um clube, é necessário tomar alguns cuidados. Principalmente quando o assunto é piscina. Mergulhar e usufruir da piscina depende que ela esteja limpa e livre de contaminações. Dessa forma, sua experiência e a de seus convidados será muito melhor. Esse trabalho pode ser um pouco mais complicado em piscinas maiores. Portanto, aprenda neste post como fazer a manutenção de grandes piscinas.

A principal estratégia que deve ser levado em conta em todas as ocasiões é cuidar da qualidade da água. Quanto mais você se atentar a este quesito, menos trabalho você terá durante as manutenções.

Dicas de manutenção de grandes piscinas

Fazer a manutenção de grandes piscinas não é um trabalho tão fácil. Contudo também não é um bicho de sete cabeças. Portanto, acompanhe nossas dicas para facilitar esta tarefa:

1- Faça a medição dos parâmetros de água

Para que a piscina possa ser utilizada pelos banhistas, é necessário que o pH da água esteja equilibrado. Sendo assim, é de extrema importância fazer a medição e correção dos parâmetros da água.

Então, é preciso medir a quantidade de pH, alcalinidade, cloro livre, cloraminas e metais de forma periódica. Quanto mais equilibrado estiverem esses índices, mais propícia para banho a piscina estará.

Veja também – Manutenção de piscinas: como medir o pH da água

2- Lembre-se das limpezas de rotina

É necessário criar um cronograma de limpeza das piscinas. Dessa forma, fica mais organizado e fácil para mantê-la sempre limpa. Principalmente quando o assunto é manutenção de grandes piscinas.

Crie um calendário semanal separando as tarefas de limpeza de resíduos, aspiração do fundo, decantação limpeza de filtros, entre outros. É importante deixar anotado, também, a frequência que essas limpezas deverão ser realizadas.

Leia também – Piscina verde? Saiba como tratar e recuperar a água

3- Realize a manutenção preventiva da casa de máquinas

Além da manutenção da piscina, é importante atentar-se à casa de máquinas. Afinal, ela é o coração da piscina. Se ela não estiver funcionando de forma adequada, a água da piscina ficará inapropriada para banho.

Portanto, é necessário checar a casa de máquinas periodicamente, para observar se ela precisa de manutenção ou reparos.

4- Lembrar-se de manter o entorno da piscina limpo

Limpar os resíduos da piscina a mantém limpa por um tempo, mas saiba que somente essa ação não é responsável por sua limpeza. É normal que o entorno da piscina seja esquecido durante a limpeza, mas ele também é um dos responsáveis pela sujeira gerada.

No momento em que for realizar a limpeza, mantenha o entorno bem organizado para que nenhum resíduo caia na piscina. Portanto, o piso deve estar sempre limpo e livre de sujeira, folhas e poeira. Além de que, se houver gramado ou plantas, essas devem estar aparadas para que nenhuma folha seca caia dentro da piscina.

Portanto, quanto mais limpo estiver o ambiente em volta da piscina, mais fácil será mantê-la limpa. Assim, fenômenos como vento não serão responsáveis por levar as sujeiras até a água.

A manutenção de grandes piscinas pode dar um pouco de trabalho, porém se você fizer um cronograma com todas as etapas de limpeza é possível distribuir as ações.

O post foi esclarecedor? Deixe um comentário com sua opinião!

Você pode gostar também

DEIXE UMA RESPOSTA